O que Jesus fez por você?

Quando o primeiro homem, Adão pecou ao desobedecer à ordem de Deus, ele transmitiu o pecado a todos seus descendentes, e com o pecado a morte, é por isso que envelhecemos, adoecemos e morremos.  Como o salário do pecado é a morte, Jesus entrega sua vida perfeita como oferta pelo pecado de Adão,  para que os filhos de Adão pudessem assim ser livrados da condenação à morte. Por exercer fé na provisão de Deus, do sacrifício de resgate, nós podemos ter nossos pecados perdoados e receber a vida eterna (que Adão perdeu).
Então Deus fez o inverso: Assim como uma só transgressão resultou na condenação de todos os homens, assim também um só ato de justiça resultou na justificação que traz vida aos filhos de Adão. Jesus vem então, resgatar o homem de volta para a vida eterna perdida pelo pecado de  Adão. Deus pode então exercer misericórdia, sem ser injusto.

Que mais fez Jesus por nós no madeiro? 

1 Pedro 2:24 "Ele mesmo levou os nossos pecados no seu próprio corpo, no madeiro, a fim de que acabássemos com os pecados e vivêssemos para a justiça. E "pelos seus vergões fostes sarados."

Que pecados, os de Adão, ou os nossos pessoais?

Ezequiel 18:4. "A alma que pecar--ela é que morrerá." —De acordo com a Bíblia, o que faz com que a alma morra? O pecado? O pecado de Adão, ou os nossos próprios pecados? "a alma que pecar--ela é que morrerá." Então os nossos pecados pessoais resultam em morte.

Não apenas você está sujeito à condenação à morte devido ao pecado Adâmico, mas está também debaixo de uma condenação à morte devido aos seus próprios pecados.

Agora, ou você vai ter de pagar isto, ou então vai ter de haver alguém que pague por você. É como quando você tem uma multa de condução. Você vai perante o juíz e a penalidade é 50.00 euros ou um dia na cadeia . — Agora você pode dizer ao juíz: "Oh juíz, por favor perdoe-me. Eu tenho sido bom condutor. Eu tenho feito o meu melhor e tenho tentado cumprir todas as leis."

Mas o que o juíz vai dizer? — "Isto tem de ser pago ou então não a posso perdoar!"
Imagine que eu gosto muito de si e vou perante o juíz e pego numa nota de 50.00 e digo: "Eu pago a multa." Agora, o juíz pode virar-se para você e dizer que você está livre da penalidade". —Porquê? Porque você tem sido uma pessoa boa? — Não! —Mas porque o preço foi pago. — O juiz não pode perdoá-lo com base na sua misericórdia. — Ele apenas pode perdoar porque a justiça foi executada e a dívida saldada. — E é isto, exatamente o que Cristo fez por si.

É como se Jesus entrasse na corte de Deus e dissesse: "Pai, Eu amo muito o Caio. Eu sei que ela merece a morte e a tua ira devido aos seus pecados. Mas Pai, tu sabes que eu não fiz nada de errado, e que eu não mereço morrer, mas se agarrares em todos os seus pecados pessoais--as vezes que mentiu, as vezes que roubou ou teve pensamentos impuros--transferindo-os para o meu corpo, Eu irei para aquele madeiro e pagarei totalmente qualquer coisa que o Caio tenha praticado de errado contra ti."

2 comentários:

Postar um comentário